Sanando dúvidas – Relé Falta de Fase

Tenho recebido algumas consultas sempre com a mesma dúvida a respeito de como usar o relé falta de fase. Para proteger motores trifásicos. Alguns perguntam: As três fases entram no relé falta de fase. E a saída para o motor como é que fica? Ou seja, imaginam algo como se esse rele falta de fase ficasse em série com o motor, possivelmente entre o disjuntor e o motor. Nunca imaginam que exista um circuito com mais alguns componentes.

Vamos esclarecer:

1. As Três Fase L1, L2 E L3 Só Entram No Relé Falta De Fase. Não Há Saída De Fases Para Ligar Motor Ou Qualquer Outra Coisa.

2. A numeração restante, como: 11-12-14, ou 21-22-24, ou 15-16-18 são correspondentes às ligações aos contatos de um micro relé interno ao relé falta de fase. São esses contatos que serão utilizados num circuito de comando para fazer o desligamento do circuito de força quando faltar uma ou mais fases.

3. Na figura abaixo, por exemplo a primeira superior esquerda, vemos: L1, L2 e L3 são onde entram as três fases. Os contatos do relé interno são:11-C = comum, 12-NF = Normalmente fechado, 14-NA = Normalmente aberto.

Esse rele de proteção contra a falta de fases funciona assim: Quando se energiza o relé com as três fases o relé auxiliar interno a ele atraca, ou seja: O contato normalmente fechado abre e o contato normalmente aberto fecha.

Se faltar uma ou mais fases, esse relé interno volta a condição inicial de antes de ser energizado com as três fases, ou seja: O contato normalmente fechado volta a fechar e o contato normalmente aberto volta a abrir.

Essa é a situação utilizada para a proteção. Mas aí entra a outra afirmação:

- O relé falta de fase não trabalha sozinho, ele sempre precisa de atuar sobre o comando de um circuito de força, por exemplo em série com a bobina de um contator que liga as três fases.

Vamos dar um exemplo prático:

É claro que o relé falta de fase tem que ser especificado para a tensão da rede de alimentação.

A bobina do contator tambem tem que ser especificada. No Caso idealizei que a alimentação era de 220VCA e especifiquei uma bobina de 220VCA. Se fosse 380 ou 440VCA poderia continuar sendo 220VCA porem deveria ser usado um transformador de comando para adequar a tensão.

O contator tem que ser especificado conforme a potência do motor.

O relé térmico deve ser especificado conforme a potência do motor e feito o ajuste na sua corrente nominal.

robertovasco@hotmail.com